O Perolado Dinamarquês

Autor: José Paulo Correia

Publicação: 19-01-2018

Depois do aparecimento da variedade Perolado na década de 70 do século passado, na sua última década surgiu na Dinamarca uma outra variedade semelhante à primeira mas com mais melanina.

Esta variedade pertence ao grupo dos Perolados Melânicos juntamente com os Caudas Claras.

O desenho desta variedade, chamada Perolado Dinamarquês, é semelhante ao Perolado Clássico, sendo a borda preta nas penas mais larga, tornando a ave mais escura nas costas e asas. As pérolas das máscara são pretas, ao contrário do que acontece nos clássicos que são amarelas ou brancas com uma fina borda em preto. As manchas gulares são violeta ou cinzentas e não brancas prateadas ou misturado com violeta ou cinzento como está no standard dos Perolados Clássicos. Na cauda, as retrizes têm uma risca preta ao centro das penas, o que não acontece nos clássicos.

A variedade mantém as mesmas características de transmissão dos restantes perolados, sendo também uma variedade dominante em que as aves de duplo fator não têm qualquer desenho nas costas. A cor do corpo nos Perolados Dinamarqueses de duplo fator é a mesma das aves de fator simples embora diluída.

Perolado Dinamarquês

Azul Celeste Face Amarela

de Duplo Fator

Esta variedade ainda não é reconhecida pela Budgerigar Society, WBO e COM, havendo já standard para esta variedade em clubes na Dinamarca, onde surgiu pela primeira vez, em França e na Alemanha onde têm classe de exposição no Campeonato da Europa que ocorre anualmente em Karlsruhe.

O CPCPO é o único clube português até à data que reconhece esta variedade e que tem standards e classes nas suas exposições onde são permitidas aves para esta variedade. Apresentamos a ligação para o PEROLADO DINAMARQUÊS VERDE CLARO e para o PEROLADO DINAMARQUÊS VERDE CLARO DE DUPLO FATOR.

Este site utiliza cookies com objetivo de melhorar a sua utilização. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização.